Com mais de 297,000 casos de covid-19 e 28, 385 mortos, Espanha, é um dos países mais atingidos pela pandemia mas as autoridades espanholas resolveram pôr fim a 3 meses de confinamento e abrir paulatinamente o país ao turismo.

É o caso da Basílica da Sagrada Família em Barcelona que foi aberta ao público, mas a sua comarca de Lérida voltou a confinar os seus habitantes devido a um aumento de casos do coronavírus.

Em toda a região da Catalunha cerca de 200.000 pessoas à volta da cidade de Lleida foram reconfinadas.

Entre medidas de reconfinamento e eleições regiões na Galiza

No noroeste de Espanha, a comunidade  autónoma de Galiza decidiu também impor restrições a 70.000 personnes, após ter sido detectado novos focos de contaminação do coronavírus.

Os residentes da cidade de Marina no norte da costa espanhola, na região de Lugo, não podem abandonar a cidade, a partir da meia noite de hoje até sexta-feira, dois dias antes das eleições regionais na Galiza de 12 de julho.

As contaminações mais importantes ocorreram nos bares. A comunidade autónoma de Galiza regista 258 casos de contaminações dos quais 117 na região de Lugo.

A capacidade de atendimento dos bares e restaurantes será reduzida para metade e os residentes deverão usar máscaras mesmo nas praias, anunciaram as autoridades.


Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.