“Estamos a pensar nisso. Estamos a pensar em fazê-lo na Casa Branca”, afirmou Trump, em entrevista à emissora Fox News, acrescentando que “seria a opção mais fácil, seria de longe a mais barata do ponto de vista do país.”

“Eu provavelmente farei ao vivo na Casa Branca”, acrecentou o Presidente, reiterando que o plano ainda não está completo nem definido.

O Partido Democrata cancelou a sua convenção presencial devido à pandemia do novo coronavírus que, nas últimas semanas, tem uma média de mil mortos por dia.

A convenção será completamente online de 17 a 20 de agosto e o caniddato Joe Biden anunciou que vai fazer o discurso de aceitação a partir da casa dele, em Delaware.

A convenção do Partido Republicano, prevista para acontecer na Carolina do Norte, foi transferida para a Flórida, mas o aumento de casos levaram muitos republicanos a dizer que não irão participa.

A reunião magna dos republicanos que vão confirmar a candidatura de Trump realiza-se de 24 a 27 deste mês em Charlotte, Carolina do Norte, em condições a indicar e sem a presença de jornalistas.

Os democratas já criticaram o eventual discurso de aceitação na Casa Branca, que é propriedade do Estado e que, para eles, não pode ser usado para eventos partidários.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.