O cidadão de nacionalidade chinesa, Zwz qin Yang, foi ouvido, esta quinta-feira, 23, na primeira Esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula.

O indivíduo terá espancado o jovem moçambicano, de nome António Amândio, de 18 anos de idade, vendedor ambulante de telemóveis, por suspeitar que este gracejava, em língua macua, sobre a forma como a mulher do agressor, também no local, estava vestida.

O caso ocorreu há dias nas imediações de uma operadora de telefonia móvel, na avenida Paulo Samuel Kamkhomba, em Nampula, e foi testemunhado por dezenas de pessoas, que se mantiveram no local para se inteirar do que estava a acontecer.

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.