O primeiro Fórum Internacional sobre Escassez de Água na Agricultura que vai juntar na cidade da Praia mais de 200 especialistas em gestão de águas agrícolas de todo o mundo vai ser aproveitado por Cabo Verde para ganhar e partilhar experiências na gestão dos recursos hídricos, como avança  o director geral da Agricultura, Silvicultura e Pecuária, José Teixeira.

Entre as experiências cabo-verdianas a serem partilhadas no Fórum Internacional sobre Escassez de Água na Agricultura está o sistema de rega gota a gota, introduzido no país nos anos 1990 e que atinge 27% do arquipélago. O evento que tem a duração de quatro dias, inicia-se a 19 do corrente, coincidindo a data com a celebração do Dia Mundial da Água que este ano traz como tema “Não deixar ninguém para trás” . Também acontece no momento que o arquipélago vive o segundo ano consecutivo de seca.

Vários são os temas que vão ser discutidos no fórum entre os quais: água e migração, água e nutrição, agricultura salina, uso sustentável da água na agricultura, preparação para secas e mecanismos financeiros para manuseio sustentável dos recursos hídricos. Ainda estão previstas sessões plenárias e técnicas e exposições no local do evento, a Assembleia Nacional, bem como visitas a locais agrícolas na ilha de Santiago.

O fórum é organizado no contexto do Quadro Global para a Água na Agricultura (WASAG), sob o patrocínio do Governo de Cabo Verde, em colaboração com Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o Ministério das Políticas Agrícolas, Alimentares e Florestais da Itália, (MIPAAFT) e o Serviço Federal de Agricultura da Suíça (FOAG).

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos.

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.