O ataque desta madrugada, que não provocou mortes nem feridos, ocorreu no troço Beira-Inchope e atingiu um camião cisterna pertencente a uma empresa zimbabueana, que provocou o derrame de parte do combustível que transportava.

A polícia prometeu prestar esclarecimentos sobre o ataque ao princípio da tarde desta sexta-feira (08.11).

Outros camiões de mercadorias também foram atacados esta madrugada, na província de Manica. O assalto ocorreu perto do local onde na quarta-feira (06.11) foi atacado um mini-autocarro, na região de Pinanganga, numa estrada no distrito de Gondola, que causou dois mortos e três feridos graves.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica atribuiu o ataque a homens armados da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO) e seus dissidentes.

(em atualização)

por:content_author: Arcénio Sebastião (Beira)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.