O ataque ocorreu no princípio da manhã, nas imediações do rio Pungue, tendo sido o alvo um autocarro da transportadora Nagy, que fazia o sentido sul-norte.

“Passavam das 7 horas quando ouvimos tiros e a viatura  ficou imobilizada” contou à VOA, Lucas Bhilal, um dos passageiros, acrescentando que vários tiros perfuraram o autocarro.

“Há muitos feridos com balas e estilhaços de vidro”, concluiu.

Um jornalista local contou que o autocarro chegou à vila da Gorongosa “arrastando” com alguns pneu vazios devido a balas

A Polícia prometeu pronunciar-se nas próximas horas.

Este é o segundo ataque na mesma zona e o quinto de grupos armados na região contra autocarros e camiões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.