Página gerada às 20:58h, sabado 24 de Junho

Este portátil da Porsche Design é um luxo (e é muito caro)

21 de Abril de 2017, 18:55:00

A Porsche Design tem estendido o interesse pela marca que nasceu no mundo automóvel a outras categorias de produtos e agora quer singrar nos computadores. O Book One é um portátil com características interessantes mas um preço que se torna difícil de enquadrar nas características técnicas.

O PC convertível foi apresentado no Mobile World Congress e hoje está em Lisboa no âmbito da IFA Global Press Conference 2017, mostrando que tem mais para oferecer do que apenas os ecos da marca que nasceu no mundo automóvel.

Nos últimos anos a Porsche Design tem explorado este "filão dourado" mas Jan Becker, CEO do Grupo, faz questão de explicar que há muito trabalho dedicação e uma aposta na qualidade que se aliam nos produtos criados pela empresa, e que fundem a harmonia da forma com os produtos de topo de gama na qualidade dos materiais e na performance.

Recuperando a história que remonta a 1972, Jan Becker mostrou os cronómetros, ténis e outros acessórios "made in Porsche Design", mas destacou sobretudo o Book One, que inaugura uma nova categoria na empresa, a área de Computing. "este era um passo lógico e por consequência os produts de som e telemóveis vão entrar também aqui", explica, recordando a parceria recente com a Huawei para o Mate 9

O Book One é um conversível de luxo, juntando o melhor dos portáteis e um tablet destacável, mas mantendo a possibilidade de rodar em 360º. Com um ecrã de 13,3 polegadas, o equipamento entra em concorrência com o Surface Book da Microsoft, mas também com a linha Yoga da Lenovo, ou mesmo o XPS 13 da Dell, mas com o design da Porsche a atrair os fãs de produtos de luxo.

O CEO da marca explica que alguns dos conceitos foram inspirados nos carros de desporto, e que o conceito está a ser trabalhado há dois anos, com os melhores parceiros e os melhore designers. E por dentro está um processador Intel Core i7-7500U, 16GB de RAM e um disco SSD Intel 512GB PCIe. As características de robustez e segurança não foram esquecidas, com uma câmara de infarvermelhos e para as ligações conte com duas portas USB 3.0, uma porta USB-C e uma Thunderbolt. A bateria pode durar até 14 horas, pelo menos nas especificações apresentadas. 

O pacote traz ainda uma caneta com 2.048 pontos de pressão e um adaptador para HDMI, assim como uma capa de proteção.

O Book One vai estar à venda já em abril em 17 países, onde não se inclui Portugal, e pode apelar a um mercado de apreciadores das marcas de luxo. O principal problema reside mesmo no preço, que está fixado nos 2.795 euros...

Comentários

Critério de publicação de comentários