Página gerada às 18:25h, quarta-feira 18 de Outubro

Nyusi aponta baixos salários como desafio na educação

12 de Outubro de 2017, 13:32

O Presidente da República, Filipe Nyusi, apontou hoje os baixos salários e as deficientes condições de trabalho como os principais desafios para os professores do país, assumindo o compromisso do Governo de resolver as carências que a classe enfrenta.

Filipe Nyusi descreveu a situação em que os professores se encontram, numa mensagem alusiva ao Dia do Professor moçambicano, que se assinala hoje.

"Temos a consciência dos desafios que o professor moçambicano enfrenta no exercício das suas atividades. Referimo-nos às condições de trabalho salariais e da sua própria especialização", declarou Filipe Nyusi.

Um professor motivado e patriota é a chave dos sucessos na frente de formação do homem novo, imbuído de valores ético-morais e de competências, acrescentou o Presidente.

O Governo, prosseguiu o chefe de Estado moçambicano, continuará a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para “responder paulatinamente” às necessidades desta camada social.

O Dia do Professor moçambicano assinala-se num contexto de descontentamento da classe, devido à retirada de alguns benefícios, nomeadamente o pagamento de horas extraordinárias, havendo o registo de paralisação de aulas em algumas zonas do país.

O Governo viu-se obrigado a remover regalias e bónus aos funcionários do Estado devido à crise económica que o país enfrenta.

Lusa

Comentários

Critério de publicação de comentários