1/15

use j/k para navegar

1957

Criação da Missão de Fomento e Povoamento do Zambeze (MFPZ)

Criação da Missão de Fomento e Povoamento do Zambeze (MFPZ) para estudar o desenvolvimento geral da bacia do rio Zambeze com os recursos de Tete.

Fechar

"Cahora Bassa é a menina dos meus olhos"

Veja a reportagem

1968

Começam os trabalhos de construção da barragem

Começam os trabalhos de construção da barragem sempre condicionado pela natureza do terreno.

1969

Assinado o contrato final para a construção da barragem de Cahora Bassa

No dia 19 de Setembro foi assinado o contrato final para a construção da barragem de Cahora Bassa: à África do Sul a energia era fornecida a 1.040 Mw (de 1974 até 1977) e depois o valor seria aumentado. Portugal e a África do Sul assinam um acordo onde acordam ser parceiros da construção, sendo que a primeira remessa de energia ao país sul-africano seria a 1 de Janeiro de 1975.

1970

Criado o Gabinete do Plano do Zambeze (GPZ)

No dia 27 de Fevereiro ocorrem mudanças na Hidrotécnica Portuguesa e foi criado o Gabinete do Plano do Zambeze (GPZ), que juntou em si as responsabilidades da MFPZ e do GTZ.

1971

Conclusão de trabalhos preliminares

No Verão de 1971 os trabalhos preliminares ficaram concluídos e em Maio de 1972 ficou feito o primeiro desvio provisório.

1975

Protocolo do Acordo sobre o Empreendimento de Cahora Bassa

No dia 14 de Abril foi assinado o Protocolo do Acordo sobre o Empreendimento de Cahora Bassa onde foram estabelecidos os princípios orientadores da construção, organização e financiamento da empresa concessionária. A 16 de Junho de 1975 ficou estabelecido o Protocolo Adicional ao Protocolo de Acordo de Cahora Bassa. Depois desses protocolos foi elaborado a 21 de Junho o Contrato de Concessão do Aproveitamento Hidroeléctrico de Cahora Bassa onde fico expresso a produção de energia e o seu transporte em alta tensão para a África do Sul. A 2 de Outubro foi assinado o Acordo Geral de Cooperação entre Portugal e Moçambique em Lourenço Marques.

1979

Início da exploração comercial

Início da exploração comercial em Junho. Contudo, a partir do ano seguinte, em Dezembro de 1980 o transporte de energia para a África do Sul foi interrompido devido às constantes sabotagens.

Fechar

"Cahora Bassa é a menina dos meus olhos"

Veja a reportagem

1984

Acordo intergovernamental entre Moçambique, Portugal e África do Sul

No dia 2 de Maio de 1984 foi assinado na Cidade do Cabo um Acordo intergovernamental entre Moçambique, Portugal e África do Sul. Aqui ficou decidida a exclusividade da África do Sul enquanto cliente, sendo que essa energia pudesse ser vendida a outros clientes. Além disso, através da Comissão Conjunta Permanente, os dois accionistas – Portugal e Moçambique – tinham que rever as tarifas com a África do Sul.

1997

Conclusão das linhas de transporte e energia

No dia 1 de Dezembro as linhas de transporte e energia ficaram concluídas e HCB começou a fornecer energia à ZESA.

1998

Início do fornecimento à EdM

Em 16 de Junho, Cahora Bassa começa o fornecimento para o sul de Moçambique, à EdM. Em Agosto desse mesmo ano, a hidroeléctrica fornece a sul-africana ESKOM.

2002

Interrupção de fornecimento de energia

A 18 de Outubro a administração de Cahora Bassa interrompeu o fornecimento de energia à África do Sul.

2004

Aumento do valor de tarifas

A África do Sul aumenta o valor das tarifas para dobro. Em Outubro, Santana Lopes e Joaquim Chissano tem um encontro mas em Dezembro, Moçambique suspende as negociações.

2005

Memorando de Entendimento entre os Governos de Moçambique e Portugal

No dia 2 de Novembro é assinado o Memorando de Entendimento entre os Governos de Moçambique e Portugal, em Lisboa.

2006

Acordo de Reestruturação e Transmissão do Controlo da HCB

Foi assinado em Maputo a 31 de Outubro o Acordo de Reestruturação e Transmissão do Controlo da HCB para o Estado de Moçambique.

Fechar

"Cimeira Luso-Moçambicana"

Veja a reportagem

2007

Cahora Bassa, posse Moçambicana

As tarifas de energia chegam pela primeira vez ao valor de mercado, 12,5 cR/Kmh. Este foi um ano decisivo já que em Maio, o Governo de Moçambique formalizou o consórcio para pagamento da dívida. No dia 27 de Novembro o pagamento ficou concluído e Cahora Bassa transferiu-se para posse moçambicana.

Fotos: Cortesia da Agência Lusa & Hidroeléctrica de Cahora Bassa. Copyright © 1957-2007 — Todos os direitos reservados.