Página gerada às 09:03h, sabado 19 de Abril

VENDAVAL FERE E DESTRÓI EM SOFALA

20-10-2011 11:32:51


MAPUTO, 20 OUT (AIM) – Quatro feridos, entre graves e ligeiros, destruição de 95 casas e um Centro de Saúde, é o balanço preliminar de um vendaval acompanhado por chuvas fortes e granizo que fustigou, semana passada, a localidade de Grudja, no distrito do Búzi, província de Sofala, Centro de Moçambique

O vendaval que assolou principalmente três dos cinco bairros da localidade destruiu ainda 18 barracas, para além de provocar a intransitabilidade da via Mutindir/Búzi.

O Presidente daquela localidade, Armando Chimbia, disse que a maior preocupação das vítimas neste momento é repor as infra-estruturas danificadas, já que o fenómeno deixou inclusivamente ao relento os professores em exercício que passaram a viver nas salas de aulas, dificultando assim o ensino e aprendizagem.

Pela gravidade da situação, o Governo despachou Quarta-feira última ao local uma equipa multi-sectorial para arrolar todos os prejuízos provocados pela mesma adversidade atmosférica e procurar reparar os estragos.

Para já, segundo o governador Carvalho Muária, a situação justificou a reactivação imediata da Comissão Técnica de Emergência a nível da província de Sofala integrada no Plano de Contingência desta época chuvosa e ciclónica prevista entre Outubro corrente e Março próximo, avaliado em 34 milhões de meticais (um dólar EUA equivale a cerca de 27 meticais).

Falando na mesma Quarta-feira, na capital de Sofala, Beira, durante a XVII Sessão Ordinária do Governo provincial, Muária apelou a toda a sociedade para redobrar esforços para evitar a perca de vidas humanas e bens neste período chuvoso.

EDM RESSENTE-SE DO VENDAVAL DE NAMPULA

Enquanto isso, segundo o “Noticias”, um outro vendaval que se abateu no passado Domingo sobre os distritos de Meconta e Muecate, na província nortenha de Nampula, causou graves prejuízos em três linhas de média tensão que transportam energia eléctrica para as localidades de Nacavala, Muecate, Netia, Namialo e Meconta.

Um comunicado da Electricidade de Moçambique (EDM), citado hoje pelo “Noticias”, diz que a força do vendaval derrubou 26 postes de média tensão, três pórticos, um transformador com potência de 200KVA a 33KV e grande parte da rede de baixa tensão, que deverá ser substituída quase na totalidade.

Esperava-se que na maior parte dos locais afectados fosse restabelecido o fornecimento de energia ainda Quarta-feira ultima.

Dados preliminares apontam para prejuízos directos na ordem de dois milhões e meio de meticais, sem contar com o período em que o sistema está impossibilitado de fornecer energia eléctrica a cera de 2500 clientes, incluindo algumas unidades industriais.
(AIM)
MZ

(AIM)

Comentários

Critério de publicação de comentários