Página gerada às 07:42h, segunda-feira 20 de Novembro

MANICA: PRIMEIRA SECRETÁRIA ENALTECE FIRMEZA DO POVO NO COMBATE A POBREZA

14-11-2017 19:58:04


Báruè (Moçambique) 14 Nov (AIM) - A primeira-secretaria do partido Frelimo em Manica, Ana Chapo, reconhece que o povo continua firme e determinado em remover todos os obstáculos que retardam o desenvolvimento de Moçambique.

Destacou a população do posto administrativo de Honde como sendo um dos exemplos de superação em virtude desta, mesmo debaixo de muitos problemas, sobretudo a recém-terminada tensão político-militar que afectou em grande escala aquela região, ter conseguido, em pouco tempo, refazer-se dos efeitos do conflito armado e prosseguir com acções de combate a pobreza.

Ana Chapo fez este pronunciamento hoje, em Phanze-Honde, distrito de Báruè, tendo sublinhado que este esforço demostra a vontade de um povo comprometido com o desenvolvimento.

“Vocês são verdadeiros heróis. Todos ouvimos que a região de Honde foi palco dos acontecimentos que chocaram o país e o mundo. É aqui onde aconteceram incursões armadas. Mas mesmo assim estiveram unidos, esqueceram o passado e seguiram em frente com acções de desenvolvimento. Abraçaram agricultura e produziram comida. Para nós, isso é bom sinal porque significa que acatam os apelos lançados e estão a trabalhar”, disse.

Lembrou que tal como o trabalho, o povo deve manter-se unido e preservar a paz, condição essencial para que Moçambique continue a crescer.

A fonte frisou que a construção de estradas, expansão da rede sanitária, educação, entre outras depende efectivamente dessa paz, sendo por isso importante que cada moçambicano faça a sua parte para sua manutenção.

“O presidente Filipe Nyusi está fazer sua parte. Tem mantido encontros regulares com o líder da Renamo, Afonso Dhlakama. Foi a Gorongosa encontrar-se com ele para falar da paz. Nós também, onde estivermos, devemos viver com paz no coração e disseminar mensagem de reconciliação nas nossa famílias e comunidade em geral” afirmou Chapo.

Segundo a Primeira Secretária, o Governo da Frelimo não trabalha sem o povo, pois o que faz resulta do desse mesmo povo.

“Mesmo para combater a pobreza o povo é que nos ensina. Temos que estar juntos porque unidos é que podemos eliminar este mal que se chama pobreza. Por isso que tivemos o congresso. A reunião foi mesmo para discutir as ideias dos moçambicanos que se transformaram no nosso programa de governação”, sublinhou.

Na ocasião, Ana Chapo exigiu a população a produzir mais comida para garantir a segurança alimentar e nutricional naquela região e no país. Cada família, segundo Ana Chapo, tem que aumentar as áreas de produção olhando, em primeiro lugar, para sua alimentação e, depois, comercialização.

“Vocês ouvem falar da crise que afecta o país e o mundo. O governo determinou que a produção agrícola pode ser um dos principais caminhos para reduzir essa crise. Temos terras e condições para prática de uma agricultura que pode nos trazer bons resultados. Por essa razão que encorajamos a população a produzir para desenvolver o país” afirmou.

Ana Chapo, que desde manha de hoje trabalha no distrito de Báruè, com a duração de dois dias a este ponto do país, tem agendado visitas a empreendimentos socioeconómicos e orientar comícios populares. Ainda esta semana, Ana Chapo irá escalar os distritos de Guro e Tambara com objectivo de divulgar as decisões saídas do XI congresso e outras actividades de carácter social.
(AIM)
Nestor Magado (colaboração)/DT

(AIM)

Comentários

Critério de publicação de comentários