Página gerada às 18:27h, quarta-feira 18 de Outubro

PRIMEIRO – MINISTRO CONSOLA FAMÍLIA DE MAHAMUDO AMURANE

12-10-2017 20:59:38


Nampula, 12 Out (AIM) – O Primeiro – Ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, consolou hoje a família do malogrado presidente do conselho municipal da cidade de Nampula, Mahamudo Amurane, morto a tiro na sua residência particular em pleno 04 de Outubro, dia da paz.

“Viemos nos solidarizar com a família. Ficamos bastante chocados com o que aconteceu. Ninguém tem direito de tirar a vida a outras pessoas. A forma como o nosso colega, amigo e irmão partiu foi muito trágica. Condenamos bastante este acto”, disse.

“Faremos esforços para que as autoridades competentes possam esclarecer o que se passou e que as pessoas mentoras do acto sejam julgadas e punidas”, afirmou o Primeiro-Ministro que, de hoje até sábado, realiza uma visita de trabalho a província nortenha de Nampula.

Aliás, no discurso que proferiu durante a abertura da IV conferencia Nacional Religiosa, perante cerca de 700 participantes, Carlos do Rosário disse que o encontro realiza-se num momento de dor e luto para os munícipes, população de Nampula e todos moçambicanos.

Entretanto, a Policia moçambicana (PRM) anunciou esta semana existirem dois arguidos, indiciados de envolvimento no assassinato de Amurane.

Amurane foi eleito edil de Nampula pelo Movimento Democrático de Moçambique (MDM) nas autárquicas de 2013, e, nos últimos tempos, andava de costas voltadas com esta formação política liderada por Daviz Simango.

O malogrado já havia manifestado a intenção de concorrer nas autárquicas de 2018 fora da bandeira do MDM.
(AIM)
mz/dt

(AIM)

Comentários

Critério de publicação de comentários