Página gerada às 22:50h, segunda-feira 24 de Julho

– MALAWI / PETER MUTHARIKA EMPOSSADO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

01-06-2014 16:09:43


Blantyre, 01 Jun (AIM) – O líder do Partido Democrático Progressivo (DPP), Peter Mutharika, foi empossado no sábado como o novo presidente do Malawi, um acto que pôs termo a um clima de suspense que se fazia sentir desde a realização das presidenciais de 20 de Maio último.

A cerimónia de investidura teve lugar em Blantyre, capital económica do Malawi.

No sábado, a antiga presidente malawiana, Joyce Banda, foi uma das pessoas que endereçou uma mensagem de congratulações ao presidente recém-eleito, “pela sua vitória numa eleição muito disputada”.

Banda, que se tornou na primeira mulher a ascender a presidência em 2012, chegou a tentar declarar as eleições de “nulas e sem efeito” devido a uma série de irregularidades registadas durante o processo, mas o Tribunal Supremo deliberou que ela não tinha mandato para o efeito.

Peter Mutharika, de 74 anos, irmão do falecido Presidente Bingu wa Mutharika, foi declarado sexta-feira vencedor das eleições presidenciais do Malawi, depois de conquistar 36,4 por cento dos votos, contra 27,8 de Lazarus Chakwera do Partido Congresso do Malawi (MCP) e que assumiu a segunda posição, enquanto a presidente cessante, teve um fraco desempenho ao averbar apenas 20,2 por cento.

Professor de direito, Peter Mutharika viveu cerca de 30 anos nos EUA, de onde só regressou em 1993, para participar na elaboração da primeira Constituição democrática daquele país na África Austral, depois da ditadura de Kamuzu Banda.

Durante a cerimónia da sua investidura, Peter Mutharika lançou um apelo dirigido aos malawianos para resgatarem o país do 'colapso'.

“É óbvio que enfrentamos sérios problemas neste país. Todos juntos, vamos construir o país que quase se encontra a beira do colapso”, disse Mutharika, no seu primeiro discurso depois de ter sido declarado presidente na noite de sexta-feira.

Falando no sábado, durante uma breve conferência de imprensa na sua residência, Mutharika disse que tenciona continuar a manter laços com Ocidente e ao mesmo tempo tentar incrementar as relações com alguns “novos amigos” tais como a China e o Brasil.

“É inevitável. Vamos continuar a manter o nosso relacionamento com os doadores que apoiam 40 por cento do nosso orçamento”.

A investidura de Mutharika segue-se ao anúncio dos resultados das presidenciais que teve lugar na sexta-feira depois de o Tribunal Supremo ter indeferido um pedido para a recontagem dos votos.

Peter Mutharika assume o poder quando ainda enfrenta uma acusação de alta traição em conexão com uma por tentativa de esconder a morte de seu irmão, na altura presidente do Malawi, como parte de uma alegada conspiração para evitar que Joyce Banda, na altura vice-Presidente, assumisse o poder.
(AIM)
THE NATION/ TIMES LIVE/SG

(AIM)

Comentários

Critério de publicação de comentários